Foto: Arquivo Pessoal | FacebookFoto: Arquivo Pessoal | Facebook

Marciele Feldman estava em final de gestação e sofreu um AVC na sexta-feira (25.12). Ela foi submetida a uma cesáriana de emergência, onde o bebê nasceu com dificuldade respiratória e foi transferido na noite do mesmo dia para UTI em Sorriso.

O AVC é o entupimento ou rompimento dos vasos que levam sangue a cabeça, provocando a paralisia da região afetada no cérebro. Também é chamado de acidente vascular cerebral, derrame cerebral ou Acidente Vascular Encefálico (AVE).

A mãe foi transferida na tarde de sábado (26), em estado grave, para UTI em Cuiabá. Marciele é filha do falecido professor Lauro Feldmann, vítima do covid que estava internado na UTI em Água Boa e veio a óbito na sexta-feira (25).

Desde sábado (26) o bebê, nomeado de Bernardo, ja respira sem a ajuda de aparelhos. Ele permanece no Hospital de Sorriso até quarta-feira (30) quando passará pela avaliação de um cardiologista. Se tudo estiver bem, é possivel que ele receba alta hospitalar.

Ja o quadro da Marcieli foi avaliado como grave por neurocirurgiões que revelaram que não há possibilidade de cirurgia devido ao grande dano no cérebro. Ela permanecerá na UTI recebendo os cuidados necessários.