“A medida é de autoria do deputado Dr. Eugênio (PSB) e já foi tomada em outros países como a Espanha”.

 Foto: Assessoria Foto: Assessoria

O projeto de lei, apresentado na última quarta-feira (4) cria em caráter temporário, na secretaria de estado de saúde de Mato Grosso, a central única de regulação de vagas para pacientes com diagnóstico confirmado ou suspeito de contaminação por COVID-19 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI),  na rede pública e privada do Estado.

Ainda de acordo com lei em sua justificativa, “...Tanto o Governo Estadual como o Ministério da Saúde já alertaram sobre o iminente colapso do sistema de saúde em razão do impacto dos casos de covid-19, e diante da urgência do assunto e da possibilidade dos profissionais de saúde se verem diante do dilema de decidir quem salva e quem deixa morrer, como já acontece há semanas na Itália, é imperioso que se adote todas as medidas recomendada pelos especialistas, para prevenir ou remediar sérias implicações”.

O deputado também citou na proposição a importância da regularização de uma fila única para os pacientes, “Quanto à instituição de uma fila única de leitos públicos e privados para tratamento de pacientes de coronavírus, medida adotada em outros países, também é medida indicada por especialistas da área aqui no Brasil”, encerrou.