Reprodução | FacebookReprodução | Facebook

O Conselho Municipal de Habitação e Interesse Social realizou na manhã desta terça-feira (19/04) a entrega da casa destinada para segurança pública no loteamento Jardim América.

Essa é uma medida que atende um projeto de lei de 2018 e hoje se concretizou em Querência, com o objetivo de tornar o município mais atrativo no momento de posse e remoção dos policiais.

Para o presidente da Câmara Telmo Brito, “essa é uma deficiência que o município tem no sentido de fazer com que os policiais venham para Querência desenvolver seu trabalho por causa dos altos custos em relação ao aluguel.”

Em virtude disso, em 2018 a Câmara Municipal alterou o projeto de lei de parcelamento do solo. Telmo Brito e os demais vereadores, na época, fizeram essa alteração na lei articulando que os loteadores a cada meio por cento de construção realizada dentro do loteamento, teriam a obrigatoriedade de ceder um lote para atender a demanda da segurança pública no município.

“Nós articulamos junto ao Governo do Estado, para que nós pudéssemos estar contemplando nosso município quanto à segurança. É muito importante esse projeto que teve início em 2018 e nós ficamos muito felizes. Quero parabenizar o Sr. Manoel que é o proprietário do Jardim América e todos seus familiares por atender e pôr em prática. Queremos valorizar o policial.” – Afirmou Telmo

Wellington Maciel, responsável pelo loteamento disse que ficou muito feliz pois mesmo se tratando de um processo demorado, foi concluído

“Apesar de todo trabalho a gente conseguiu entregar dentro do prazo. Então é um alívio porque, uma alegria em cumprir a lei e contribuir para a segurança da cidade” – discursou Wellington.

O Primeiro Tenente da Polícia Militar André Moraes, elogiou o município por mais essa iniciativa e destacou a hospitalidade do povo querenciano. “Uma vez que o município disponibiliza esse mecanismo, o interesse de policiais virem servir em Querência é maior, e os policiais que já estão aqui se sentem valorizados e motivados e consequentemente oferecem um serviço de qualidade maior à população. A Polícia Militar sempre que precisou das instituições locais foi atendida bem, além das expectativas.”

Para o Secretário de Administração, Valdenício Anjos, que na ocasião representou o prefeito Fernando Gorgen, o momento foi de pura satisfação já que ele enquanto vereador em 2018 ajudou a plantar essa sementinha.

“É uma satisfação pessoal, já que nós fizemos lá em 2018 através da lei 1133 de 2018 e implantamos uma emenda na lei de parcelamento do solo, fazendo com que cada loteador tivesse disponibilidade de meio por cento dos lotes, uma casa de até 56 metros quadrados. Hoje eu fico feliz, estou como secretário de administração, mas foi algo que a gente plantou lá atrás e hoje a gente vê o resultado. Sabemos a dificuldade que a segurança pública tem dentro do município de Querência, e quando criamos essa lei, pensamos exatamente nisso. Não é um imóvel que está sendo doado, mas está sendo cedido. Parabéns a todos os envolvidos, ao executivo, legislativo e loteadores.”

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DE NOSSOS GRUPOS DE WHATSAPP