ReproduçãoReprodução

Famosa por protagonizar vídeos eróticos, a mato-grossense Esther Caroline Perralto, também conhecida como “Tigresa VIP”, se filiou ao Partido dos Trabalhadores (PT) e agora é pré-candidata a uma das 24 cadeiras na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.
 
A pré-candidatura de Esther foi anunciada na última quinta-feira (14) em uma reunião na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT), junto com outros nomes do partido.
 
A estrela de filmes adultos se juntou ao PT em Alta Floresta e precisou de um recurso nacional para conseguir viabilizar sua filiação ao partido. Ela será candidata à deputada estadual pela região de Barão de Melgaço.

"Venho desde muito nova fazendo protestos, correndo atrás de melhorias para o meu Estado e agora, pré-candidata a deputada, poderei fazer mais".
 

“Quem me conhece sabe que eu não sei falar bonito, sou uma pessoa simples, humilde, venho desde muito nova fazendo protestos, correndo atrás de melhorias para o meu Estado e agora, pré-candidata a deputada, poderei fazer mais e mais”, afirmou em breve discurso durante o evento.
 
"Tigresa" se tornou famosa na internet em 2015, aos 17 anos, ao compartilhar vídeos pornográficos feitos com o marido. Hoje, ela tem site próprio para assinantes, um canal no Youtube e publicações na plataforma XVideos.
 
Chapa para a AL
 
Durante o evento, o PT ainda apresentou outros nomes como pré-candidatos para a disputa no Legislativo estadual, que deverão compor a chapa ao lado dos veteranos Lúdio Cabral e Valdir Barranco, que já possuem mandato e tentarão a reeleição, e da vereadora por Cuiabá, Edna Sampaio.
 
São eles: a vereadora por Sinop, Professora Graciele; Eliane Xunakalo, indígena da etnia Bakairi; e Fanize Albuês, professora em Cuiabá. 

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DE NOSSOS GRUPOS DE WHATSAPP