Foto: TJMTFoto: TJMT

Reajuste imediato da tabela de remuneração dos servidores de carreira, no percentual de 13%manutenção da majoração do auxílio saúde, que aguarda votação na Assembleia Legislativa; e alterações nos critérios de progressão funcional (Sistema de Desenvolvimento de Carreiras e Remuneração dos Servidores do Poder Judiciário - SDCR). Estas foram as propostas apresentadas pela Administração do Tribunal de Justiça de Mato Grosso aos sindicatos que representam os servidores, em reunião realizada nesta sexta-feira (18).

O juiz auxiliar da Presidência, José Luiz Leite Lindote, apontou a restrição orçamentária forçada pelo Limite de Despesa Primária Corrente (DPC) e citou alguns ajustes necessários no planejamento para a gestão cumprir com o reajuste proposto de 13% na tabela de remuneração, de forma imediata.

O magistrado citou que o Comitê Gestor SDCR, que tem o objetivo de acompanhar, aplicar e revisar o plano de carreiras dos servidores do Judiciário, deve se reunir na próxima semana para discutir as reinvindicações da categoria sobre esta pauta.

Ele ressaltou ainda que, além do reajuste salarial de 13%, todos os servidores contam com auxílio destinado à alimentação, que nesta gestão passou de R$ 1.150,00, para R$ 1.430,00. Os servidores da ativa e aposentados têm direito ao auxilio saúde, que atualmente é de R$ 1.200 e deverá passar para R$ 1.510. O auxílio creche é pago a 638 servidores, no valor de R$ 550 e outros 30 servidores são beneficiados com o auxílio destinado à primeira graduação, no valor de R$ 600.

A reunião foi realizada com a presença dos juízes auxiliares da Presidência, José Luiz Lindote, Paulo Márcio de Carvalho, Adriana Coningham e Rodrigo Curvo, a Diretoria-Geral do TJMT, Claudenice D. Farias de Costa, Vice Diretora-Geral,  Janaina Badre Teixeira Bergamaschi, Coordenador Judiciário, Bruno José Fernandes da Silva,  Assessor Jurídico Sênior, Paulo Roberto Gomes Bezerra Filho, o  presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso (Sinjusmat), Rosenwal Rodrigues dos Santos, o assessor jurídico do Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores do Estado de Mato Grosso (Sindojus-MT), Wendel Lacerda Oliveira, a presidente da Associação dos Servidores do Poder Judiciário (Aspojud), Jane Selma Barbosa, e a presidente da Associação dos Analistas (Anajud), Geziely Gevezier Loureiro, do presidente da Associação dos Técnicos Judiciários do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso (Astejud), Anderson Rafael Tafernaberri Leite, a vice-presidente da Associação dos Técnicos Judiciários do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso (Astejud), Jovelina Pinto de Oliveira Ferreira.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DE NOSSOS GRUPOS DE WHATSAPP