Reprodução Reprodução

O Conselho Municipal de Segurança Pública (COMSEP) promoveu na sexta-feira (21.01) a primeira reunião de 2022, na sede do Ministério Público, no centro de Água Boa

Na ocasião o promotor Dr. Luis Alexandre Lentisco apresentou aos integrantes do conselho, projeto de aquisição de um equipamento ultramoderno que auxilia na investigação de crimes cometidos pela internet.

Denominada Cellebrite, o projeto custa R$ 340 mil. Os integrantes do CONSEP aprovaram o projeto da promotoria. A vice-prefeita Rejane Schneider Garcia informou que a partir de agora, começa a luta em busca desses recursos.

Já o tenente coronel Gyancarlos Cabelho representando o 13º comando Regional da PM voltou a pedir a instalação das câmeras de viodeomonitoramento, essenciais para auxiliar as forças policiais nas investigações.

 CLIQUE AQUI E PARTICIPE DE NOSSOS GRUPOS DE WHATSAPP