ReproduçãoReprodução

Fruto da economia feita pela atual Mesa Diretora da Câmara Municipal de Nova Xavantina sobre os repasses constitucionais mensais recebidos, numa ação dos onze vereadores, falta pouco mais de R$ 30 mil para a Câmara completar os R$ 400 mil que serão devolvidos ao Poder Executivo para a compra de um caminhão de apoio (“melosa”) para a Secretaria Municipal de Obras e Infra Estrutura, informou o presidente do legislativo, vereador Jubinha.

“Com o próximo repasse, chegaremos à R$ 370 mil economizados e o caminhão custa R$ 400 mil” disse o presidente ao site SN na tarde desta quarta feira, 18. O prefeito João Bang confirmou a operação e enalteceu a parceria com o legislativo municipal, do qual conta com o apoio da totalidade dos vereadores e esfera onde atuou antes de ser prefeito.

FUNDAMENTAL

Na opinião dos vereadores Curica (DEM) e Sr. Edmundo (PSDB), o caminhão popularmente conhecido como “melosa” é fundamental no dia a dia de trabalho de campo, pois é o que supre a frente de máquinas, com óleo, lubrificantes, peças de reposição, energia e outros ítens, evitando que se perca tempo com eventuais paralisações no trabalho.

“A melosa é fundamental para o projeto do prefeito João Bang, com total apoio da Câmara, de asfaltar cem por cento a cidade e ainda fazer asfalto  na área rural” disse Curica.

45 MIL M2 DE ASFALTO

Segundo o presidente, este perfeito entrosamento  entre o legislativo e executivo tem permitido deslanchar o trabalho de atendimento das demandas da comunidade em várias frentes, como por exemplo o asfalto, que já soma 45 mil m2 este ano sendo realizados.

A Prefeitura concluiu o trabalho em alguns bairros, como o setor Industrial e parte do Jardim dos Buritis, e outros estão em execução, como no Estilac Leal e Montes Claros. Em seguida virá o bairro Toneto.

RECURSOS PRÓPRIOS

Segundo o prefeito João Bang, as obras estão sendo realizadas com recursos próprios da Prefeitura, e há recursos alocados de R$ 2 milhões em emendas do deputado estadual Nininho (PSD), deputado federal Neri Gueller (PP) e senador Carlos Fávaro (PSD) para serem gastos na pavimentação asfáltica de Nova Xavantina.