Foto: Fernando Weissheimer | 4Seven ProdutoraFoto: Fernando Weissheimer | 4Seven Produtora

Reunidos no Espaço Su Buffet, na sexta-feira (19.02), a nova diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Água Boa (ACEAB), deliberou sobre suas novas metas e o plano de ação para alcançá-las em 2021.

A reunião contou com as medidas de prevenção ao coronavírus, com aferição de temperatura e higienização por álcool gel. O evento também contou com um jantar.

A Presidente Thiene Costa elencou sua visão de eventos para o primeiro semestre de 2021, apresentando um plano com cursos empresariais e datas de eventos entre março a julho deste ano.

Entre as metas estão "a busca de novos parceiros de produtos e serviços, a melhoria da comunicação com a sociedade, a promoção de eventos de negócios e culturais e a ampliação dos treinamentos para associados"

Dentre as novidades, Thiene destacou que a documentação da associação está sendo alterada para "entidade de interesse público", viabilizando a capacidade de obter ajuda dos poderes públicos em seus projetos.

"Atualmente as empresas e o comércio contribuem na maior parte da arrecadação do município, sendo que grande parte vai para a união e o que retorna, até então, não era utilizado para o bem comum das empresas e da clientela. Queremos que isso mude e as benfeitorias públicas passem a valorizar também o comércio local" - disse Thiene.

Com mais recursos a ACEAB ainda busca trabalhar pela Construção do Centro de Eventos, pela Melhoria no serviço de telecomunicação da operadora VIVO e pela Criação da Casa do Empreendedor.

A presença da entidade em eventos e a realização deles será mensal na agenda da associação, como o dia da mulher em março, a páscoa em abril, datas comemorativas em maio e junho e o sorteio do carro 0km da Campanha Sou + o Comércio de Água Boa.

A diretoria também deliberou sobre a necessidade de implantação de uma equipe de recepção a empresários de fora que chegam com intenção de conhecer e investir na cidade, tendo em vista alguns que passaram outrora e, apesar de gostarem de Água Boa, não se sentiram bem recebidos e foram investir em outras localidades.

O empresário Nelcindo Iappe, ex presidente da ACEAB, observou sobre a importância na atuação de defesa do município junto aos investidores, como foi o seu caso com a cooperativa Sicoob, atualmente instalada em Água Boa.

O empresário Marcos Lamb, também ex-presidente da associação, observou também a relevância de se elencar um mapa de qualidades e logística do município para que seja mostrado aos investidores interessados.

Algumas logistas da diretoria pontuaram sobre uma solução junto a FACMAT para a questão do imposto antecipado sobre mercadoria em estoque, que traria risco de prejuízo ao comércio.

Outra ação da ACEAB, seria ajudar na atração de "incubadoras" em diversas áreas para o início de empresas no município. Este modelo de empreendedorismo oferece investimento em um ambiente de trabalho com cursos, equipamentos, matéria prima e escoamento de produção já definidos, permitindo que o interessado apenas foque em aprender e produzir, podendo futuramente, com a experiência adquirida, montar sua própria empresa.

Além desses muitos outros assuntos foram colocados na mesa e muitas novidades devem ser publicadas em breve pela ACEAB.