Banner Política

Foto: Assessoria Foto: Assessoria

Na tarde desta segunda-feira 11/01, o prefeito Dr. Mariano juntamente com o Secretário Municipal de Saúde Eberson Mateus e o Secretário de Administração Sebastião Antônio Lopes concederam uma entrevista coletiva a imprensa local. Em pauta os assuntos referentes a primeira semana a frente da administração do município e em relação as ações de enfrentamento ao coronavírus, atual situação financeira do CISMA também foi pauta da coletiva.

O Prefeito Dr. Mariano que também é presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Araguaia – CISMA, disse na entrevista que a situação financeira do Hospital Regional não está nada boa, isso porque o consórcio ainda está devendo a folha salarial do mês de dezembro/2020, e as contas já somam mais de 1 milhão de reais.

“Estamos aguardando o repasse por parte do Governo na ordem de R$ 700mil, assim poderemos quitar os salários dos médicos e parte das contas do hospital que ainda estão em aberto", pontuou o prefeito.

Ainda de acordo com Dr. Mariano, a primeira semana de gestão à frente da administração do município, foi buscar conhecimento da atual situação da prefeitura. “Na primeira semana, falamos com funcionários públicos, gerentes e secretários e ficamos a par do contexto geral do funcionalismo, para que nos próximos dias possamos começar a implantar as ações de desenvolvimento em cima da realidade financeira que está a nossa disposição, para a partir de agora iniciar a implantação das ações visando sempre o crescimento de Água Boa".

O prefeito também falou da situação da pandemia no momento atual, e disse que um novo decreto será baixado e novas ações de combate a pandemia serão implementadas.

Na coletiva, o Secretário Municipal de Saúde Eberson Mateus, falou das primeiras ações do novo Comitê de Combate ao Coronavírus e voltou a pedir que as pessoas se protejam e tomem todos os cuidados para evitar a contaminação pelo covid-19.

‘’Nesse primeiro momento, o comitê decidiu fomentar as ações de combate para assim termos o controle sobre a pandemia. Não iremos nesse momento optar por lockdown ou pelo fechamento do comércio, nossa visão é andar lado a lado saúde e economia, pois não pretendemos comprometer a comércio local”, disse o secretário.

Na oportunidade o Secretário de Administração Sebastião Antônio Lopes falou a respeito dos valores que o gestor anterior deixou na conta da prefeitura e também fez uma correção em relação ao valor deixado na conta da AGUAPREVI.

“O prefeito anterior disse que o Fundo Municipal de Previdência teria um pouco mais de R$ 53 milhões na conta, mas após analisarmos as contas constatamos que o AGUAPREVI tem R$ 55 milhões em caixa e esse recurso que pertence exclusivamente aos funcionários públicos para garantir sua futura aposentadoria", conclui Sebastião Antônio Lopes.

Segundo o secretário, dos R$24 milhões apresentados pela administração anterior, o município pode contar apenas com um pouco mais de R$ 10 milhões, do total, R$ 3milhões já estão designados para pagamento de obras sendo esses recursos próprios e mais R$ 10 milhões acumulados a convênios diversos.

Sebastião aproveitou para dizer que nesse primeiro ano da gestão Dr. Mariano e Rejane, o orçamento aprovado é aquele elaborado pela gestão anterior o que pode limitar o planejamento administrativo atual.