Banner Política

O vice-governador Otaviano Pivetta, do PDT, fez duros ataques ao candidato a senador Carlos Fávaro, do PSD, a quem classificou de "estelionatário", "picareta de carteirinha", "diarista de burguês”, e “sujeito sem honra”, entre outros xingamentos.

Os ataques de Pivetta a Fávaro, foram feitos durante um ato público, em Lucas do Rio Verde, ocasião em que o vice governador anunciou apoio à candidatura da tenente-coronel Rúbia Fernanda, do Patriota, ao senado.

Pivetta disse ainda que quando Fávaro foi vice-governador de Pedro Taques, usou o cargo apenas para proveito próprio.

Para Pivetta, Carlos Fávaro é uma vergonha para Lucas do Rio Verde.

Pivetta explicou também que conheceu a candidata recentemente.

Para ele, apesar de nova na política e um pouco ingênua, a coronel Fernanda terá o seu apoio para representar Mato Grosso no Congresso Nacional.

Depois de declarar apoio a coronel Fernanda, a situação de Otaviano Pivetta dentro do PDT ficou insustentável, já que o partido em nível nacional faz oposição ferrenha ao governo Bolsonaro.

Depois de uma reunião com o presidente regional do PDT em Mato Grosso, o deputado estadual Allan Kardec, Pivetta decidiu deixar o partido.

“Acabei de ter uma conversa amigável e respeitosa com o presidente do PDT, deputado Allan Kardec, com quem encaminhei meu pedido de desfiliação partidária”, afirmou Pivetta.

O vice-governador Otaviano Pivetta ficou 15 anos filiado ao PDT.

Fonte: Sapicuá Rádio News