Banner Política

Foto: Mayke Toscano - SECOM/MTFoto: Mayke Toscano - SECOM/MT

O governador Mauro Mendes confirmou que o Estado manterá de forma definitiva os 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) montados no Hospital Regional de Água Boa, para atender pacientes que contraíram a Covid-19. O anúncio foi feito após a vistoria de obras na Escola Técnica Estadual (ETE) no município e durante reunião com lideranças no Sindicato Rural. No Regional, são atendidos moradores de todo o Vale do Araguaia.

“Nós vamos trabalhar. Assumo o compromisso de melhorar a estrutura, equipamentos, assim como a manutenção das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), porque hoje é este um dos hospitais regionais com a maior eficiência e custo benefício ao cidadão”, afirmou Mendes.

O incremento foi possível pela parceria entre gestão estadual e o consórcio intermunicipal responsável por gerir a unidade de saúde. A equipe do consórcio executou um plano de ação para a ampliação da unidade e o Governo, além de fornecer equipamentos, também manterá o funcionamento dos leitos – estimado em R$ 2.000 por dia.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) enviou os seguintes equipamentos para montagem da Unidade de Terapia Intensiva (UTI): (5) ventiladores pulmonares, (2) de transporte, (10) camas convencionais, (20) camas elétricas, (2) macas de transporte e (10) mesas de cabeceiras.

Escola Técnica Estadual

Para a execução das obras da Escola Técnica Estadual (ETE) de Água Boa, o Governo de Mato Grosso liberou recursos na ordem de R$ 2,5 milhões. A previsão é de que obra seja entregue em 2021

“Essa Escola Técnica começou em 2011.  Foram várias paralisações que ocorreram por falta de pagamento aos empreiteiros e por diversos outros motivos. Nós retomamos a obra e não temos dúvidas que além de ofertar qualificação profissional, trará perspectiva de crescimento para a região do Araguaia e Água Boa”, disse o governador Mauro Mendes.

A obra foi iniciada e paralisada várias vezes, sendo retomada em definitivo pela atual gestão. Já foram investidos cerca de R$ 10 milhões e no total a obra custará aproximadamente R$ 12,5 milhões.

A unidade contará com 12 salas de aulas, 11 laboratórios, biblioteca, refeitório, ginásio coberto para esportes, além de um laboratório especial, um auditório com capacidade para 150 pessoas, além de um teatro de arena. No total a escola terá 5.577 metros quadrados e atenderá pelo menos 1,4 mil alunos.

O Estado possui ao todo nove ETEs no Estado, nas cidades de Sinop, Rondonópolis, Alta Floresta, Barra do Garças, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Poxoréu, Tangará da Serra e Cuiabá, que atualmente funciona na Escola de Saúde Pública do Estado.

Além de Água Boa, os municípios de Cuiabá, Cáceres e Primavera do Leste, também estão com unidades em fase de conclusão das obras. Atualmente a Seciteci atende cerca de 4.200 alunos, com cursos técnicos de Formação Inicial e Continuada (FIC). Após a entrega destas quatro unidades, a capacidade de atendimento deve dobrar.

Os municípios de Matupá, Sorriso, Campo Verde e Juara também contarão com escolas técnicas. Ao todo, serão 16 ETE’s para atender a população mato-grossense. Acompanharam a vistoria os secretários estaduais Marcelo Oliveira (Infraestrutura e Logística), Basílio Bezerra (Planejamento e Gestão), Emerson Hideki (Controladoria-geral), e os deputados estaduais Dr. Eugênio Paiva e Ondanir Bortolini (Nininho).