0
0
0
s2smodern

Imagem IlustrativaImagem Ilustrativa

Município desde 1986, Vila Rica (1276 km de Cuiabá), nasceu em uma região estratégica para o desenvolvimento do agronegócio. Cortada pela BR-158, a cidade foi planejada para receber bem seus moradores e empresas. A partir de 2020, a cidade terá um atrativo a mais: segurança energética. Para isso ser possível, a Energisa está construindo uma Linha de Distribuição de Alta Tensão (138 kV) que interligará a região à rede básica de Santana do Araguaia, no Pará, com investimentos de cerca de R$ 77 milhões.

Isso porque a nova linha aumentará a disponibilidade de energia na região, possibilitando novas ligações de energia, como por exemplo, de indústrias que tenham interesse em se instalar no local. A linha também tornará o fornecimento mais estável, dando suporte à implantação da universalização da eletrificação rural. Outro ponto importante é a melhoria no conforto e qualidade de vida da população.

Com previsão de conclusão para outubro do próximo ano, a linha terá 141 quilômetros de extensão e será um terceiro ponto de suprimento de Rede Básica, desta vez, já dentro do município. Até então, Vila Rica estava no final da rede que vinha de Barra do Peixe, e por este motivo, sentindo mais as oscilações e interrupções. Anos depois, em 2018, o Araguaia ganhou mais um ponto de suprimento – o segundo ponto -, em Canarana.

A linha faz parte do pacote de investimentos que a Energisa realiza no Mato Grosso para aprimorar os serviços e contribuir com o crescimento econômico do Estado e do Centro Oeste. Desde que chegou ao estado, a empresa tem feito investimentos focado em impulsionar o desenvolvimento da região.

“A última fronteira agrícola do Mato Grosso, como é conhecida a região do Araguaia, está em forte crescimento econômico e a Energisa tem trabalhado para trazer maior confiabilidade ao sistêmico elétrico que a região precisa. Para nós, é muito importante, que as localidades onde atuamos se desenvolvam. E o investimento feito, pensando no futuro e na possibilidade de crescimento de todos os municípios da região do Araguaia, beneficiará 150 mil unidades consumidoras”, avalia o Gerente da área de Planejamento e Orçamento da Energisa Mato Grosso, José Nelson Quadrado Junior.

Com a nova a linha de transmissão possibilitando interligação a uma nova fonte de suprimento, além de Vila Rica, as cidades de Confresa, Alto Boa Vista, Querência e outros municípios próximos também serão beneficiados, trazendo a toda essa população um maior conforto relacionado ao fornecimento de energia elétrica da região.