0
0
0
s2smodern

Imagem IlustrativaImagem Ilustrativa

Em ação conjunta entre equipes da Polícia Militar (5º Comando Regional) e Polícia Civil (1ª Delegacia de Polícia Civil), foi realizada abordagem e prisão de D.R.P. de 36 anos que estava na rodoviária de Barra do Garças (509 km de Cuiabá) em atitudes suspeitas.

Segundo relatos, ele chegou na rodoviária com a perna enfaixada e usando muletas, porém foi ao banheiro e retirou a faixa da perna. Com a chegada da equipe policial, foi abordado, nesse momento ele levantou-se e andou normalmente, sem uso de muletas.  

Durante abordagem ele se identificou por um nome diferente da CNH que portava. Ao checarem a CNH, foi constatado que se tratava de documento falso. Com ele, também foi encontrada uma carteira de trabalho falsificada.

A FRAUDE:

D.R.P. afirmou ser de Várzea Grande-MT, e está acometido de hanseníase, por isso faz jus a auxílio doença e que usa os documentos falsos para se passar por outras pessoas e, após perícia, receber benefício indevidamente, eis que pessoa saudável recebe como se estivesse com hanseníase e com dificuldade de locomoção, ele fica com parte do benefício auferido com a prática criminosa .

Foi apreendido ainda com estelionatário cerca de R$ 1.800 reais, benefício sacado em nome de outra pessoa beneficiada pela ação fraudulenta do suspeito.