0
0
0
s2smodern

 

Foto: ReproduçãoFoto: ReproduçãoNa noite de sábado (8/6) policiais militares da Cia comunitária em Barra do Garças, a 509 km de Cuiabá fizeram a prisão de W.R.S,36, A.M.R,22, e J.B.V.L, de 55 anos. A ação da PM deu início, após, os policiais serem informados sobre um furto de celular em uma lanchonete, no bairro São José.

Imediatamente, os PMs se deslocaram para a região, onde foram informados pela vítima que o suspeito W.R.S seria o autor do crime. Em posse das informações, os militares iniciaram rondas pela região, quando se depararam com o suspeito, que ao perceber a aproximação dos policiais, empreendeu fuga, porém foi detido e algemado.

Bastante exaltado e usando tornozeleira eletrônica , W.R.S contou aos Pm's que teria furtado o celular e trocado o aparelho com J.B.V.L,  por uma porção de pasta base de cocaína, que foi apreendida pelos policiais.

Já com o apoio da guarnição do oficial de dia, os Pm's foram na busca do segundo envolvido, sendo que este foi localizado trafegando pela cidade, em um veículo Eco Sport, em visível estado de embriaguez alcoólica, se negando a fazer o teste do bafômetro.

Devido a sua resistência a prisão, J.B.V.L foi algemado pelos policiais, os quais relatam que a todo momento o suspeito proferia palavras de baixo calão contra os militares.

Conforme o boletim de ocorrência, ainda no local, os Pm's se depararam com a terceira envolvida A.M.R, a qual se apresentou como esposa de J.B.V.L. Bastante exaltada e com uso de xingamentos, a mulher tentou agredir os policiais, que a imobilizaram, com o uso de algemas.

Já na Central de Flagrantes, durante uma revista pessoal foi localizada dentro do seu sutiã outra porção de pasta base. O b.o ainda relata, que a todo momento J.B.V.L ameaçava W.R.S de morte, pois não aceitaria ser "caguetado" por ele. Todos os envolvidos foram conduzidos para a delegacia de polícia, onde foram apresentados a autoridade de plantão.