Imagem IlustrativaImagem Ilustrativa O Conselho Tutelar foi chamado neste sábado, 8 de setembro, por volta das 20hs para atender a um espancamento de criança no bairro Jardim Tropical. As conselheiras pediram apoio da PM.

Os pais receberam a comitiva no portão da residência e se negaram a dar acesso ao lar. Mesmo após a insistência da PM e das conselheiras, para defender os direitos dos menores, os policiais deram voz de prisão ao suspeito por desobediência.

A criança foi encontrada com lesões nas costas e nas pernas provenientes das agressões. A própria criança mostrou o pedaço de mangueira de 80 centímetros usado para pelo pai para praticar as agressões.

A criança ficou aos cuidados das conselheiras, enquanto que o suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Polícia. Atenderam a ocorrência o Sargento Oliveira e o soldado Márcio.