ReproduçãoReproduçãoA Delegacia de Polícia Civil de Nova Xavantina está investigando a tentativa de implantação de um garimpo de diamante no Córrego do Antártico, situado no perímetro urbano do município.


O córrego é um dos principais afluentes do Rio das Mortes e fica à quinze km. do centro. O interessado na implantação é José Francisco Pires, em nome do qual foi expedida duas licenças pela SEMA – Secretaria do Estado do Meio Ambiente. uma Prévia e outra de Instalação.
Falta a Licença de Operação para começar a extração.


MADEIRA ILEGAL


No local os policiais encontraram madeira ilegal extraída da reserva indígena dos Areões, que seriam usadas na construção da plataforma (balsa) para suportar uma draga e um gerador de oxigenio, para mergulhadores.


Longos tubos de aço já estão implantados na Fazenda Boa Esperança, de propriedade do Sr. Dedé Baiano, para sugar a água. A licença em nome de José Francisco Pires permite a exploração garimpeira desde esse ponto, até a cachoeira da Fazenda Ouro e Prata, num trecho de 30 km.


MINERADORA FECHADA


Segundo informações, o Sr José Francisco Pires esteve em Nova Xavantina ano passado pesquisando o Córrego do Antártico, dizendo-se pertencer à Mineradora Gemas, que está frechada desde o ano 2.000.