ReproduçãoReproduçãoO laudo preliminar da necropsia realizado no corpo da menina de oito anos, que havia morrido no final de semana sob a suspeita de estupro, apontou que não há sinais de violência sexual no corpo da menor.
 
Conforme a Politec (Perícia Oficial de Identificação Técnica), o resultado é do primeiro exame preliminar feito no corpo da menina.
 
De acordo com o órgão, ainda deve ser feito outro, o de “pesquisa de sêmen”, que deve ficar pronto em até 10 dias.
 
A Polícia Civil informou que ainda não trata o caso como homicídio e sim como morte natural, uma vez que a criança tinha problemas de saúde e teve parada cardiorrespiratória.
 
Entenda o caso
 
O caso aconteceu no último domingo (19), quando a menor deu entrada na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Morada do Ouro, na Capital.
 
Conforme o boletim de ocorrência elaborado pela Polícia Militar, a menina chegou à unidade por volta das 23h do sábado (18) e os médicos tentaram reanimá-la por cerca de uma hora.
 
Após diversas manobras cardíacas e respiratórias, os médicos constataram a morte.