1707108A Polícia Civil confirmou que um eletricista de distribuição da Energisa foi assassinado com um tiro, na altura do tórax, no momento em que religava a energia de uma residência, localizada em uma chácara nas proximidades de Paranaíta, município a oeste de Alta Floresta, na tarde de ontem (24). A vítima não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Ele foi identificado como Gilmar Francisco de Oliveira.

De acordo com um investigador da Polícia Civil, o crime é investigado como motivo fútil. “A vítima estava religando a energia quando foi surpreendida pelo proprietário da casa. Ele teria ficado revoltado pelo corte no fornecimento de energia. Ele teria feito o pagamento da conta atrasada e pediu a religação. Após isso, teria esperado o servidor da empresa, atirou contra ele e fugiu”.

As circunstâncias de como ocorreu o homicídio ainda serão esclarecidas pelas autoridades policiais. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) compareceu ao local e encaminhou o corpo ao Instituto Médico Legal (IML) de Alta Floresta para exames de necropsia.

A companhia elétrica informou, ao Só Notícias, que está de luto em memória do colaborador Gilmar Francisco de Oliveira, que faleceu durante o exercício de suas atividades. A empresa lamentou profundamente o ocorrido, e está prestando todo o apoio à família dele, assim como nas investigações policiais.

De acordo com informações da funerária União, o corpo de Gilmar está sendo velado na câmara de vereadores e será sepultado no cemitério local, esta tarde.