Foto; DivulçãoFoto; DivulçãoUm homem, de 33 anos, morreu soterrado por 150 toneladas de milho, na sexta-feira (25), após desabamento de paredes de silo onde trabalhava, em Primavera do Leste.
 

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, no momento do acidente, Adão de Souza dos Santos fazia manutenção nos equipamentos da moega do silo que armazenava os grãos.
 

Os Bombeiros precisaram de mais de 12h de trabalho para retirar o corpo que foi soterrado por aproximadamente 150 toneladas de milho.