202106113202106113

Vinte e quatro tartarugas foram resgatadas nesta última quarta-feira (16) depois de serem capturadas ilegalmente no Rio Araguaia. Elas estavam amarradas em um saco, que foi abandonado por um homem após ele ver a equipe de fiscalização do Batalhão de Proteção Ambiental e servidores da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema).

Os policiais faziam ronda fluvial pelo Rio Araguaia e Rio das Mortes, no município de São Félix do Araguaia, quando viram um homem com um saco nos ombros. Com a aproximação do barco, deixou o saco e saiu correndo. Ele não foi localizado. No saco, as tartarugas foram encontradas vivas.

Perto do leito do rio havia um acampamento onde foram encontrados duas espingardas de calibres 20 e 28, sem munição, uma tarrafa e uma rede de pesca. As tartarugas foram soltas na natureza novamente e o material apreendido.

A captura de tartarugas pode render três anos de detenção ou multa, ou ambas as penas cumulativamente, conforme o art. 34, caput, parágrafo único, incisos I e II da Lei de Crimes Ambientais.

Fonte: https://www.semana7.com.br/