Foto: Assessoria PJCFoto: Assessoria PJC

A Polícia Judiciária Civil de Nova Xavantina realizou, na tarde de terça feira (06.10) a prisão em flagrante delido do proprietário de um restaurante situado em uma das praias da cidade, após constatarem o furto de energia elétrica (gato).

O Controlador Interno do Município procurou a delegacia informando que um determinado concessionário de um restaurante situado em uma das praias da cidade estaria supostamente furtando energia elétrica do município (usando a rede de iluminação pública), cabendo uma apuração mais aprofundada por parte da Polícia Judiciária Civil.

Diante da notícia do suposto crime, os policiais se deslocaram até a praia localizado no centro da cidade e com a presença dos técnicos da Energisa, constataram o furto, pois ao desligarem o disjuntor do padrão do restaurante, os aparelhos de ar condicionado do restaurante (8 aparelhos de ar condicionado de aproximadamente 24.000 btus cada), continuaram funcionando normalmente e quando desligaram o disjuntor da prefeitura, toda energia do restaurante foi suspensa no dois andares do prédio, e os aparelhos de Ar condicionado vieram a desligar assim como geladeiras e freezer.
   
O Delegado de Polícia DR. Raphael Diniz Garcia acompanhou a ação, dando voz de prisão ao proprietário do restaurante, determinando a lavratura do Auto de Prisão em flagrante, posteriormente foi arbitrando fiança de alto valor ao investigado, que após o devido pagamento foi solto para responder em liberdade pelo crime.