Foto: Assessoria PJCFoto: Assessoria PJC

Uma força-tarefa com objetivo de concluir procedimentos relacionados relacionados a crimes ao meio ambiente instaurados na Delegacia de Querência foi desencadeada pela Polícia Civil e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

A operação especial denominada “Amet” (meio ambiente, em latim) foi realizada entre os dias 21 a 23 de setembro, no município.

Durante os trabalhos, foram realizadas diversas diligências com objetivo de concluir os procedimentos em andamento na unidade policial, entre eles, o de destruir ou danificar floresta considerada de preservação permanente, mesmo que em formação, ou utilizá-la com infringência das normas de proteção.

As ações ocorreram na zona rural de Querência, com a participação de policiais civis e peritos oficiais da Gerência Regional da Politec de Água Boa. Ao total, foram realizadas 11 perícias ambientais para conclusão dos procedimentos que tramitam desde 2017 na delegacia da Polícia Civil.

Aproveitando a presença dos peritos criminais, os trabalhos se estenderam para apuração de outros procedimentos instaurados na unidade, sendo também realizada a reprodução simulada de acidente de trânsito e seis perícias veiculares.