Imagem IlustrativaImagem Ilustrativa

Na madrugada de domingo (13.9), uma mulher foi estuprada e espancada com pedaço de madeira, em Canarana. A vítima não conhece o suspeito e o homem não foi localizado pela polícia.

Conforme informações o boletim de ocorrências, a Polícia Militar foi chamada pela equipe do Hospital Municipal informando da paciente com sinais de violência sexual.

Chegando ao local, os policiais interrogaram a jovem, com pouco mais de 25 anos. Ela relatou que havia discutido com o esposo e saído de casa, por volta das 1h.

Ela caminhou em direção a um bar, quando foi abordada por um suspeito. Ele exigia manter relações sexuais com a vítima, mas ela negou.

Nesse momento o homem passou a bater na mulher com um pedaço de madeira. As agressões se estenderam por horas e o homem exigia que a mulher lhe desse dinheiro.

Por volta das 5h30, ela convenceu o homem a ir até sua casa alegando que tinha a quantia no imóvel. Ambos seguiram até o endereço, onde a mulher bateu na porta e o esposo abriu.

Nesse momento o agressor fugiu. O marido da vítima ainda caminhou pela região a fim de localizar o suspeito, mas sem sucesso.

A vítima foi levada para o hospital, onde, recebeu atendimento médico. Ela havia consumido bebidas alcoólicas e não soube precisar aos policiais o local onde o homem a manteve para os abusos.

Apenas sabia que era um matagal. A mulher tinha alguns machucados pelo corpo e confirmou a conjunção carnal.

O crime será investigado pela Polícia Civil da cidade.