Imagem IlustrativaImagem Ilustrativa

De acordo com o Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, na quarta-feira (12.08) as 9h os policiais atenderam a solicitação de um empresário do ramo da construção civil informando que havia sofrido furto em uma de suas instalações no setor industrial de Água Boa.

Segundo a vítima, no dia 10 de agosto por volta das 10h da manhã, uma pessoa teria entrado na empresa e subtraído uma furadeira de impacto, um alicate de pressão e algumas chaves para manutenção de maquinários. O suspeito foi flagrado pelas câmeras de segurança e identificado por um dos funcionários do local.

Em diligência a PM encontrou o suspeito, um homem com mais de 45 anos, em sua residência. Ele confirmou que pegou os objetos, mas alegou que elas estavam velhas e que não tinha intenção de furtar. Disse ainda que havia às vendido para terceiros.

Os policiais foram até a casa dos compradores das ferramentas. Em uma residência o comprador era um caminhoneiro que estava viajando a trabalho e seu filho atendeu a policia, informando havia uma chave de impacto no local. Ele entregou a ferramenta a guarnição policial.

Na segunda casa o comprador confirmou a aquisição de algumas ferramentas que, segundo ele, comprou para ajudar o rapaz que alegou precisar vender para comprar alguns remédios. O homem disse que jamais imaginou que qeram produtos de furto.

O suspeito e o comprador que estava presente foram conduzidos até a sala de confecção de B.O.s da PM e após encaminhados para a Polícia Civil para providências que o caso requer. O suspeito foi acusado de furto e os compradores de receptação de produto de crime. A receptação também é crime e pode gerar pena de 1 a 4 anos de prisão e multa.