DivulgaçãoDivulgaçãoA Polícia Civil cumpriu na quarta-feira, 11, em Barra do Garças, mandado de prisão preventiva contra Antonio Valdemar de Arruda, ex-tesoureiro da Prefeitura de Canarara.

Waldemar teria desviado para sua conta bancária, cerca de R$ 116.000,00 pertencente ao município de Canarana, quando era tesoureiro da Prefeitura Municipal, cargo que ele ocupava como servidor comissionado.

O fato aconteceu em 2014. A decisão foi do juiz de Canarana Dr. Darwin de Souza Pontes. O endereço de Waldemar em Barra do Garças foi descoberto pelos investigadores da Delegacia de Canarana e cumprido pelos policiais civis de Barra do Garças.

Waldemar se encontra preso à disposição da justiça em Barra do Garças. As informações são do investigador Gustavo da PC de Canarana.