Foto: ReproduçãoFoto: ReproduçãoA Faculdade Cathedral anunciou luto de um dia pela morte do coordenador de Comunicação, Marcketing e Relações Públicas, Lázaro Gomes. Funcionário da instituição há 6 anos, o jornalista teria falecido em Caldas Novas (GO), nesta terça-feira (20), enquanto dormia. Ainda não há informação confirmada sobre o que pode ter ocasionado o óbito. Decretado o luto, não haverá aula nesta quarta-feira (21).

 

No início da noite de ontem, a Cathedral usou a página no Facebook e o aplicativo de mensagem WhatsApp para comunicar a morte de Lázaro. Segundo a instituição, o óbito havia ocorrido a poucas horas na cidade de Caldas Novas, onde o coordenador de Comunicação passava o feriado prolongado com amigos.

 

Lázaro era natural de Taiobeiras, em Minas Gerais, e chegou, em Barra do Garças, em 2009 para estudar Jornalismo na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Ele começou na Cathedral, como assessor de imprensa e depois foi convidado pelo diretor Executivo Sandro Saggin para assumir a coordenação de Comunicação.

 

Além de funcionário da instituição, Lázaro também era escritor. Ele é autor do livro Longe de Casa, Sonhos e Saudades, que relata memórias autobiográficas de sua trajetória no início da vida independente. A obra foi relançada em fevereiro de 2018, em uma noite de autógrafos no Espaço Cultural da Cathedral.

 

Em nota, a faculdade tece elogios à atuação do profissional: “atuou por 6 anos na instituição, sendo reconhecido como exemplo de profissionalismo e dedicação. Na memória de todos nós, não há lugar para o esquecimento, só para a saudade daquele que durante a vida nos trouxe tanta alegria.”

 

O diretor Sandro não soube confirmar o local do velório, mas disse que a cerimônia ocorrerá em Barra do Garças. Há a especulação de que ocorra na Casa de Velórios e que o corpo chegue à noite. Quanto ao enterro, a família não confirmou se será em Barra ou em Taiobeiras.