ReproduçãoReprodução

O empresário Weberson Gomes, de 35 anos, morreu afogado no Rio Araguaia, em Aruanã, na região oeste de Goiás. Segundo o irmão Wemerson Faria Gomes, ele morreu tentando salvar duas crianças, de 9 e 10 anos. 

“Estavam todos sentados e o barranco cedeu. Ele e mais duas meninas caíram. Ele pulou na frente, empurrou as crianças para a mãe e para o pai para salvá-las”, falou Wemerson.

O afogamento aconteceu na tarde da última sexta-feira (23), próximo à Praia do Cavalo. O irmão contou que, quando viram que Weberson e as meninas caíram no rio, ele e mais três pessoas pularam na água para tentar socorrê-los, mas não conseguiram salvar o empresário.

A família, que mora em Itaberaí, contou que chegou à cidade no dia anterior. O Corpo de Bombeiros foi acionado para atuar no resgate de Weberson e informou que o corpo foi localizado por volta de 15h30. 

O irmão relatou que Weberson não tinha filhos e deixa um legado pela trajetória de vida. “Uma pessoa muito boa, deixou um legado, não tinha uma encrenca com ninguém”, desabafou Wemerson. 

Nas redes sociais, a Prefeitura de Itaberaí lamentou a morte do empresário. “Com pesar recebemos a notícia do falecimento do Weberson Gomes. A Prefeitura de Itaberaí deixa as mais sinceras condolências à família e amigos por esta inestimável perda”, escreveu.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DE NOSSOS GRUPOS DE WHATSAPP