Reprodução Reprodução

Foi sepultada na tarde desta terça-feira 23 de fevereiro, o corpo da  senhora Luzia Silva, aos 67 anos, deixando uma família numerosa de luto em Nova Xavantina.
 
Dona Luzia morreu na noite desta segunda-feira, 22 às 21 horas vítima do Covid-19.

Ela foi internada no Hospital Municipal de Nova Xavantina no dia 15/02 e foi diagnosticada com a doença, no dia 18 passado devido ao agravamento da doença ela foi encaminhada de ambulância para Água Boa onde foi levada para Cuiabá em uma UTI aérea onde permaneceu em tratamento em uma UTI, mas não resistiu a essa terrível doença.

Devido não poder realizar o velório na Casa Mortuária, amigos,  familiares e irmãos da Igreja Assembleia de Deus Madureira, onde ela era diaconisa, realizou um cortejo desde a entrada da cidade até o Cemitério Toneto.
 
Veja homenagem da pastora Ana Marce à querida e saudosa Luzia:
 
"Meu coração está muito triste com o falecimento da minha querida amiga Diaconisa Luzia Silva. Minha ovelha, serva por excelência, fazia tudo com amor.
Perder uma ovelha, é como se perdêssemos filhos, porque na verdade, nossas ovelhas se tornam filhos espirituais.
Mas eu sei que o mesmo Deus que faz a ferida é o mesmo Deus que sara. Portanto Igreja de Jesus consolemo-nos uns aos outros, na esperança de que um dia, não haverá mais morte, nem dor, nem choro… Porque o Senhor Jesus enxugará dos nossos olhos todas as lágrimas. Vamos perseverar firmes com o Senhor, e um dia, na eternidade encontraremos com a nossa querida irmã Luzia e todos os demais que já dormem no Senhor.
Guardarei no meu coração, os momentos especiais que passamos juntas e a alegria de poder dizer pra ela todos os dias através de áudios que a amava.
Descansa minha querida irmã e amiga. No céu nos encontraremos".

 
Pastora Ana Marce em homenagem a Diaconisa irmã Luzia Silva.