Reprodução Reprodução

A cidade de Nova Xavantina e região estão de luto com a morte da médica Beatriz Guimarães, que faleceu nesta manhã de domingo (14/2) em Cuiabá onde estava internada em decorrência da Covid.

Ela começou a ser medicada em Nova Xavantina e no dia 10/2 foi transferida de avião para Cuiabá juntamente com esposo Antônio Marcos que também está com coronavírus. O marido de Beatriz segue internado na capital do estado na luta contra o vírus.

Além de médica do município, Beatriz atuava no estado como médica da Ciretran e da Penitenciária Major Zuzi em Água Boa. Ela deixa um grande legado pelo trabalho desenvolvido na saúde do estado, sendo uma médica extremamente dedicada à profissão, em especial ao cuidado dos mais humildes.
 
O prefeito de Nova Xavantina, João Bang, emitiu nota de pesar onde lamenta a morte da servidora e médica Beatriz Guimarães e decretou três dias de luto oficial no município em memória da profissional e também das demais vítimas da covid-19 em Nova Xavantina.
 
João Bang registra, ainda, sua solidariedade aos familiares e amigos.
 
“Muito difícil aceitar a partida e ainda alguém que gostava muito de viver, se divertir e aproveitar a vida, a senhora irá fazer muita falta, e sua vida serviu de inspiração. Fica em paz nos braços do pai Dra Beatriz Guimarães”, postou na rede social, Ana Priscila.