Reprodução | Rede SocialReprodução | Rede Social

Morreu por volta das 14h00min desta quinta-feira (07/01), a técnica de enfermagem Maria Adelaide Winter, de 55 anos, vítima da Covid-19. O diagnóstico de Coronavírus foi confirmado no boletim diário da Prefeitura de Canarana (MT), em 10 de dezembro, quando foi notificada. 

Em Canarana (MT), seu estado era estável porém, foi encaminhada ao município vizinho, Água Boa (MT), após a piora no quadro clínico. Maria Adelaide era hipertensa.

Minutos depois do anúncio do falecimento centenas de pessoas de Canarana (MT), município onde ela trabalhava, fizeram suas homenagens nas redes sociais, uma internauta publicou a seguinte mensagem:

"Minha amiga querida foi morar com Deus. Você cuidou de tantas pessoas com o teu dom, carinho e alegria. Agora cuida de nós aí de cima. Saudades eternas minha amiga irmã de coração", disse.

A equipe de jornalismo do site O Âncora entrou em contato com a secretária de saúde de Canarana (MT), Cleivania de Souza Oliveira, que destacou o trabalho da enfermeira, Maria Adelaide. 

"Uma excelente profissional, muito competente, amiga, companheira, esposa, mãe. Dedicou a vida dela em ajudar as pessoas", afirmou a secretária. 

Em Canarana (MT), as homenagens começaram na entrada da cidade, onde várias pessoas aguardaram desde às19h00min a chegada do corpo. O translado passará na frente do Hospital Municipal Lorena Parode, onde a população poderá se despedir acenando com balões brancos. 

Maria Adelaide deixou história por onde passou, há mais de 20 anos trabalhou ao lado da amiga, Adreane Márcia Becker, que é técnica de enfermagem e farmacêutica, atuaram juntas em um posto de saúde e no hospital. Andrea Márcia afirma que a amiga era uma profissional que se destacava pela humildade, e atendia todos muito bem. 

"Não tinha dia triste pra ela, sempre estava animada. O que pedia, ela sempre dava um jeito de ajudar, estava sempre disposta", afirmou Andreia. 

Maria Adelaide Winter deixa duas filhas e um neto. 

Entramos também em contato com a direção do hospital onde ela trabalhava, o momento era de tristeza e organização do translado de Água Boa (MT) à Canarana (MT).

"Deixará muita saudade na equipe que a admirava pela dedicação e trabalho".