ReproduçãoReprodução

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes lamentaram o falecimento do arcebispo emérito de Cuiabá Dom Bonifácio Piccinini, na noite deste sábado (28). O governador decretou ainda luto de 3 dias pelo falecimento do arcebisto, em homenagem a todo o trabalho realizado por ele, ao longo de 45 anos dedicados a Igreja Católica. 

A partir das 7h deste domingo (29) serão celebradas missas na Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus de Cuiabá de 2 em 2 horas e finalizadas pelo bispo Dom Miltom às 17h. 

Conforme a nota do governador e da primeira dama, ele receberam a notícia com grande pesar."Perdemos hoje um homem que fez a diferença com suas ações e sua fé. Ele sempre foi um exemplo para todos nós", afirmou o governador e a primeira-dama.

O decreto será publicado na próxima edição do Diário Oficial do Estado.

O arcebispo tinha 91 anos e estava internado em uma unidade de terapia intensiva (UTI), no Hospital Estadual Santa Casa. Ele foi internado no dia 23, após uma oscilação da pressão. Ele será enterrado por volta das 18h na Catedral. ( Com Assessoria)