Banner MT
0
0
0
s2smodern

 

Foto: ReproduçãoFoto: ReproduçãoO programa Mais Médicos, do Ministério da Saúde, abriu 23 vagas em 19 municípios de Mato Grosso, nesta segunda (8), para profissionais formados no exterior e que não possuem registro profissional. São 600 vagas para o país todo.

As vagas são remanescentes da primeira fase de inscrição, que buscou atender os médicos diplomados e com registro profissional. Foram abertas 2.149 vagas. Mas ainda sobraram 600 que não foram ocupadas.

De acordo com o edital, as vagas são para os municípios de Água Boa (1), Aripuanã (2), Bom Jesus do Araguaia (1), Campo Novo do Parecis (2), Carlinda (2), Claudia (1), Cocalinho (1), Gaúcha do Norte (1), General Carneiro (1), Pedra Preta (1), Peixoto de Azevedo (1), Poconé (1), Querência (1), Ribeirão Cascalheira (1), Rondolândia (1), Santa Terezinha (1), Sapezal (2), Taboporã (1) e Vera (1).

Os postos vão servir para atender os municípios com altos índices de vulnerabilidade. Além disso, a reposição atenderá a populações de áreas com maiores dificuldades de acesso, como ribeirinhas, fluviais, quilombolas e indígenas e que dependem do atendimento do SUS.

Segundo Ministério da Saúde, os médicos que aderirem ao programa devem começar a atuar na Atenção Primária entre 16 de agosto e 25 de setembro.

Os profissionais interessados em aderir ao programa Mais Médicos terão entre os dias 8 e 10 de julho para fazer a inscrição, que será realizada, exclusivamente, pela Internet, através do Sistema de Gerenciamento de Programas (SGP), no site do programa