Reprodução Reprodução

Após repercussão do assunto em todo estado, a Deputada Estadual Janaína Riva decidiu retirar o projeto de lei que havia apresentado no dia 4 de janeiro, proibindo a venda de discos de arado para pessoas físicas em MT.

A intenção da deputada era coibir o uso de churrasqueiras que funcionam com álcool, devido aos vários acidentes registrados de pessoas que se queimaram em aparelhos semelhantes.

Veja: Deputada de MT quer proibir discos de arado como churrasqueiras

Contudo, a PL recebeu várias críticas da população nas redes sociais. Em vídeo a Deputada veio a público dizer que retirou o projeto da pauta e que a intenção maior era trazer a tona o assunto para conscientizar as pessoas sobre o risco desse tipo de equipamento inflamável.

Vocês acompanharam no post anterior sobre o PL que previa a proibição da venda de churrasquearias de disco de arado, quando elaboramos esse projeto nossa intenção era levantar uma discussão e, baseados em vários casos de mortes por acidentes com esse tipo de churrasqueira, chamar a atenção e conscientizar as pessoas sobre os riscos.

Entendendo que o nosso objetivo foi alcançado decidimos retirar o projeto de lei de pauta, nossa intenção nunca foi deixar as pessoas sem emprego ainda mais nessa pandemia. Mas como vocês acompanharam nos comentários, são vários os casos de mortes e acidentes em nosso estado.

Por isso, além de uma campanha de conscientização sobre inflamáveis, vamos organizar uma audiência pública com profissionais da saúde que atuam no tratamento de queimados para que eles possam publicizar os números e convidar também fabricantes para que juntos possamos encontrar uma saída para evitar acidentes e dar mais segurança na utilização do disco de arado.