Visando à capacitação para o cultivo e a oportunidade do trabalho no campo, a Penitenciária DR. Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem), em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), tem desenvolvido junto aos reeducandos o plantio de 18 mil mudas de abacaxis. A atividade é viabilizada por meio do projeto Semear, em parceria com o Conselho da Comunidade de Sinop (CCS), Poder Judiciário de Mato Grosso e Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Sinop.

O trabalho é realizado por um grupo de seis reeducandos, que desenvolvem diariamente tarefas como: preparação de solo, adubação, plantio, irrigação, limpeza e colheita. Além disso, quatro recuperandos aguardam autorização da Justiça para atuar na produção. O cultivo é realizado no entorno da unidade, que conta com uma área de um hectare (10.000m²).

De acordo com o diretor da Penitenciária, Adalberto Dias de Oliveira, o projeto tem um efeito muito positivo. “Esta iniciativa não visa lucros e sim a ressocialização das pessoas privadas de liberdade, oferecendo a eles a oportunidade de trabalho digno, possibilitando o retorno à sociedade com uma nova perspectiva de vida”.

 

 

Fonte: GOV MT