Um homem de 47 anos foi morto a tiros pela madrasta depois de uma discussão por conta da herança deixada pelo pai, já falecido. O caso foi registrado no último sábado (26), em uma fazenda da região do Distrito de Veranópolis, na zona rural de Confresa.

De acordo com informações preliminares, Josenildo Ferreira Alves teria ido na propriedade no dia do fato e afirmou que queria sua parte da herança em razão do falecimento do pai, ocorrido no último dia 17.

Após uma discussão e ameaçar a madrasta, ela se armou de um revólver calibre 38 e disparou quatro tiros contra o enteado, que morreu ainda no local.

A suspeita de 41 anos, acompanhada de um advogado, se apresentou na Delegacia de Polícia Judiciária Civil onde relatou o fato ao policial plantonista, que acionou a equipe de investigadores, Politec e funerária para se deslocar até a propriedade.

O corpo de Josenildo foi encontrado estendido no chão na propriedade. Além da arma do crime, os policiais encontraram uma espingarda na casa.

 

Fonte: https://noticiadosmunicipios.com.br/