ReproduçãoReprodução

O Departamento de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) anunciou que vai reciclar mais de seis mil veículos que não estão mais aptos a trafegar pelas vias públicas. Em Sinop, no norte do estado, esse procedimento do órgão trouxe dúvida à população após um carro do governo ser encaminhado para a reciclagem.

O que chamou a atenção de todos é que entre os carros que devem ser prensados pelo Detran está um veículo seminovo de uso do governo estadual. Imagens recebidas pela reportagem mostram o momento em que um equipamento com um guincho pega o carro e o coloca em uma carreta.

Por ser um veículo seminovo, ninguém entendeu o motivo. O ano de fabricação do carro é 2015 e agora está no alto de uma pilha de carros como sucata. O veículo é avaliado em cerca de R$ 30 mil.

O governo informou que o carro estava parado desde 2018, com diversas avarias mecânicas, como problemas no sistema de suspensão, no arrefecimento, embreagem, alternador e bateria, ou seja, em péssimo estado de conservação, inclusive, com o motor fundido.

Cumprindo o que determina a legislação, como o custo do conserto demonstrou ser inviável para a administração pública, por ser superior ao valor de mercado do veículo, o bem foi remetido para reciclagem

Essa reciclagem inclui a retirada de peças e acessórios dos veículos. Esse material é devolvido para a empresa responsável, que faz a destinação exigida por lei. Depois disso, é feita a compactação, pesagem e envio da sucata da carcaça para a reciclagem. Depois da compactação, o Detran-MT realiza a baixa definitiva do cadastro dos veículos prensados, para evitar novos débitos.