0
0
0
s2smodern

Foto: FacebookFoto: Facebook

Na quinta-feira (21.11) um empresário e partidário de Sinop publicou em seu perfil na rede social sobre o atendimento de uma ocorrência pela Polícia Militar.

De acordo com o relato, a PM de Sinop foi solicitada para fazer uma abordagem a 02 homens suspeitos que estavam a margem da rodovia 163 na saida de um posto de combustíveis a mais de 02 dias.

Chegados no local os PMs viram que se tratavam de 02 cidadãos venezuelanos , Ruan e Antônio, apenas fugindo de um país devastado pela corrupção.

Um deles, um engenheiro industrial que trabalhava numa empresa de petróleo e teve que deixar sua família porque estava sem emprego e passando fome. Eles estavam pedindo carona até Dourados onde pretendem trabalhar em um frigorífico.

Questionados se tinham almoçado, disseram que não, pois não tinham dinheiro, então os policiais doaram o que tinham nos bolsos.

"Nada no mundo paga a alegria e o sorriso dos dois , me disseram que as pessoas viam eles como vagabundos e tinham medo de ajudar ou dar carona , expliquei para ele que as pessoas tem medo de confiar devido a grande violência no país, conseguimos a carona tão desejada e algum dinheiro para se alimentarem". - escreveu um policial.