0
0
0
s2smodern

Foto: POLITEC (Via Interativa FM)Foto: POLITEC (Via Interativa FM)

A Coordenadora da Politec de Barra do Garças, Cristiane de Castro Pernet Hara, informou nesta segunda-feira (04.11) que foi concluido o laudo de reconstituição do homicídio do Jovem Renan Luna, ocorrido em 9 de abril de 2017, em Nova Xavantina.

O inquérito está sob responsabilidade da Polícia Judiciária Civil de Nova Xavantina, já tendo envolvido cerca de 20 pessoas e a reconstituição do crime foi feita pelos peritos da Politec de Barra do Garças em novembro de 2018.

Na época a instituição policial anunciou prazo de 60 a 90 dias para expedir o laudo. Até o momento ninguém foi indiciado.

Em abril de 2019 Nova Xavantina recebeu faixas pedindo justiça para o caso que havia completado 2 anos sem elucidação.

Ele levou um tiro na cabeça enquanto saia de uma festa em um clube campestre com dezenas de testemunhas. De acordo com os testemunhos, um Policial Militar efetuou disparos de arma naquele momento e um amigo de Renan disse que uma capsula de bala vazia havia caído sobre a vítima.

Renan é filho do empresário aguaboense Vando Luna. Na época o crime chocou a população e até então causa estranhesa na sociedade pela demora em sua conclusão. (Fonte: Interativa FM)