0
0
0
s2smodern

 

Foto: João Pedro DonadelFoto: João Pedro DonadelO início dessa primeira semana de agosto se percebeu as primeiras movimentações e serviços realizados na obra da orla do Porto do Baé. A equipe responsável começou a limpar o terreno e dar partida no projeto que terá extensão de quase 2 km, ligando o Porto do Baé até a Praia da Rapadura. Nessa quarta-feira (7) se datou três meses do anúncio da liberação da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) para a execução da obra.

O crivo de um órgão licenciador é uma exigência legal à construção da orla, tendo em vista que ela se estenderá ao longo das margens dos rios Araguaia e Garças, que são Áreas de Preservação Permanente (APP).

O diretor regional da Sema em Barra do Garças, Moacir Couto Filho, falou que a obra, pela localização, também pode contar com a fiscalização da sociedade.

A equipe do Semana7 visitou o trecho 2 da obra, no entroncamento entre o final da Rua Goiás com a Av. Antônio Paulo da Costa Bilego. Por enquanto, a obra se encontra em estágio inicial, com a limpeza do local.

O início das obras atenderam a expectativa do prefeito Roberto Farias (MDB) que estava no aguardo da confirmação da verba. Cerca de R$ 13 milhões garantidos pela Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) conseguida através de articulação do senador Wellington Fagundes (PR).