0
0
0
s2smodern

 

Foto: AssessoriaFoto: AssessoriaA taxa geral de desemprego no país chega a 11%, mas esse índice fica alarmante entre os jovens de 17 a 24 anos, chegando em 26%, segundo dados recentes do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Reflexo do cenário de crise, em que o Brasil ainda se encontra e que piorou para quem é mais novo. Os jovens também são os que tem mais facilidade de serem demitidos, pois para as empresas é mais barato manter quem tem mais tempo de casa e experiência.

A realidade não é nada boa, mas os jovens garantem que existe uma luz no fim do túnel, a valorização dos programas de estágio. Isso pode ajudar a reverter esse quadro e melhorar as expectativas de arrumar um emprego. Segundo eles, o estágio é muito positivo, pois pode abrir muitas portas, o que acaba sendo até mais importante para a formação profissional.

Em Água Boa, a Câmara Municipal acredita também que esse é o caminho e por isso, implantou o programa de estágio para estudantes este ano, conforme lei aprovada e sancionada em 15 de abril. Esta lei partiu de um projeto de iniciativa da nova mesa diretora da Câmara, sob a presidência do Vereador Cesinha/PR. “O programa vem sendo muito bem visto no município de Água Boa e em breve, deverá ser implantado também na Prefeitura. Outras Câmaras do estado de Mato Grosso já sinalizaram interesse em seguir o exemplo, então é muito gratificante ver que conhecemos a realidade do jovem de hoje e podemos ajuda-lo a encontrar seu caminho na sociedade”, ressaltou o presidente Vereador Cesinha.