Imagem Ilustrativa Imagem Ilustrativa

De acordo com o Boletim de Ocorrência da PM, os policiais foram acionados via 190 devido a um possível ataque de fúria de um segurado durante atendimento no INSS, na tarde de quarta-feira (4.08), em Água Boa.

O homem teria proferido palavras de desacato a profissão e ameaçado o médico, além de ensejar agressão física, porém sem chegar as vias de fato. Segundo uma testemunha, o homem já se mostrava alterado antes mesmo de ser atendido.

O médico havia colhido as informações das possíveis doenças do paciente, quando o homem informou estar doente a mais de um ano e que não poderia mais trabalhar, nem poderia mais ser sustentado pelos familiares e precisava do benefício.

Disse ainda que paga o INSS e teria o direito de receber o benefício, esbravejando "prefiro matar quem está me negando o benefício a não receber". Temendo por uma ação violenta o médico levantou e foi para  porta solicitando que o homem se retirasse.

Ao sair ele aparentou partir para cima do médico, mas se conteve na presença de outros profissionais do local, saindo antes da chegada da polícia e tomando rumo ignorado.

Os policiais militares registraram o BO e encaminharam o caso a Polícia Judiciária Civil para providências.