Pai, que não teve o nome divulgado, foi preso após a filha recém-nascida ter sido internada com queimaduras de 1º e 2º graus no rosto, causadas por ferro quente de passar roupas no domingo (8), em Rondonópolis (a 218 km de Cuiabá). A suspeita é que a criança tenha sido vítima de maus-tratos e negligência. O caso é investigado pela Polícia Civil.

ReproduçãoReprodução

Conforme informações do boletim de ocorrência, a menina tem 28 dias de vida. Ela foi levada ao pronto-atendimento por volta das 17h30, com o lado direito do rosto queimado. A médica que atendeu o caso desconfiou da situação e acionou a Polícia Militar e o Conselho Tutelar.

Consta que o pai da criança disse que estava em casa com a esposa, que é menor de idade, e que quando ele pegou a filha para trocar a roupa dela no sofá, o ferro de passar que estava no local caiu sobre o rosto dela. Depois, o homem levou a criança ao hospital.

Além da suspeita de maus-tratos, a PM desconfiou porque a menina também não tem registro de nascimento. A mãe ficou no hospital para amamentar a filha. O Conselho Tutelar acompanha o caso. O estado atual da criança não foi divulgado.