Jackeline, 25 anos, morta à facadas no último domingo (25). O companheiro é apontado como autor do crime. Foto: FaceboookJackeline, 25 anos, morta à facadas no último domingo (25). O companheiro é apontado como autor do crime. Foto: FaceboookExcesso de ciúmes teria motivado o assassinato de Jackeline Silva, de 25 anos, registrado na tarde deste domingo (25) em Querência.

O crime que aconteceu por volta das 15h20 no Setor Nova Querência foi antecedido por um almoço que a vítima fez para o companheiro, identificado como Miqueias Lima,  de 26 anos, apontado como suspeito de matá-la a golpes de faca, e para duas irmãs. O momento de confraternização foi registrado e postado em redes sociais do casal.

A tranquilidade da confraternização era o completo oposto do que Jackeline vinha vivendo há algum tempo. O relacionamento foi assumido nas redes sociais em meados de setembro deste ano e recentemente vinha sendo marcado pelo ciúmes excessivo do companheiro. Segundo amigos do casal, Miqueias Lima teria inclusive retirado o chip do celular de Jackeline, baixado um aplicativo de mensagem e registrado com o número de telefone da esposa, para que ele tivesse acesso a todas as mensagens recebidas por ela.

A jovem já teria também aparecido com alguns hematomas, possivelmente fruto de agressões. Todo esse cenário culminou na morte dela na tarde deste domingo. O crime, até onde se sabe, aconteceu em um dos quartos da residência onde o casal vivia.

Jackeline deixa uma filha de cerca de 3 anos de um relacionamento anterior. 

Miqueias, nas redes sociais ao assumir relacionamento, escreveu a seguinte legenda: "Minha ficante, minha namorada, e agora esposa. Tu és sensacional! Xero". Declaração de um amor que ele, proprietário de uma barbearia na cidade parece ter esquecido. 

 Até o momento o suspeito Miqueias Lima não foi preso.

Por: Carla Rezende, Rádio Alternativa.