ReproduçãoReprodução

Mais de 1.500 acidentes foram registrados neste ano nas rodovias federais que cruzam Mato Grosso. Nestes acidentes 162 pessoas morreram. Só no último fim de semana nove pessoas morreram nas estradas.

As principais causas de acidentes apontadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) são a falta de atenção na direção, ingestão de álcool e desobediência às normas de trânsito pelo condutor.

Segundo a concessionária responsável pela administração da BR-163, a maioria dos acidentes com mortes não rodovias envolvem motociclistas e carretas.

De acordo com o gerente de operações da Rota do Oeste, Wilson Ferreira, 51% dos acidentes fatais que ocorrem são com motocicletas e 33% são de carretas.

Para evitar acidentes como esses, os cuidados devem ser redobrados antes de pegar a estrada, principalmente em relação aos freios e pneus.

Em um dos acidentes que fazem parte dessa estatística, um motorista percorreu 17 km em um caminhão em chamas na BR-070, nas proximidades da Vila Sadia, que fica aproximadamente 70 Km de Cáceres, no Centro-sul de Mato Grosso.

O caminhão estava carregado de barras de ferro, discos de trator e peças mecânicas. Os materiais se espalharam pela pela rodovia no caminho.

Um vídeo gravado por moradores da região mostram o momento em que o caminhão trafegava pela rodovia.

O fogo teria se iniciado por causa de um problema mecânico, que provocou a explosão de um pneu. O motorista continuou seguindo, após tentar controlar as chamas, sem sucesso. O veículo foi espalhando fogo nas da BR-070, durante os 17 km.