ReproduçãoReprodução

Na última quarta-feira (16/09), um incêndio, que já perdura há alguns dias no Território Indígena do Xingu, tomou grandes proporções nos arredores da fazenda Três Coqueiros e nesta sexta-feira registros mostram que o fogo continua se alastrando. O incêndio foi registrado por via aérea e terrestre e publicado em diversas redes sociais.

O incêndio já dura cerca de 20 dias naquela região. No dia 30 de agosto, o fogo saiu do território e atingiu uma propriedade rural, queimando cerca de 300 hectares de pastagem.

O fogo esta na mata e é temido por todos. Os produtores dos arredores estão atentos, monitorando e preparando suas áreas para o fogo não se alastrar ainda mais nessa época em que há palhada nas lavouras. Uma equipe do Corpo de Bombeiros segue fazendo o monitoramento do incêndio.

Uma equipe do PrevFogo que está no Parque apontou que a situação está bastante crítica, o fogo está dentro do mato e não tem como combater. Pelo mapeamento já queimou cerca de 500 hectares. 

Todos os anos o território é alvo de incêndios carregando consigo grandes impactos negativos tanto para a área indígena quanto para os produtores.