Reprodução Reprodução

As empresas JBS e Águas de Barra do Garças emitiram notas sobre o vídeo denúncia de descarte irregular de dejetos industriais no Rio Araguaia. O vídeo circulou nas redes sociais desde o dia 27 de julho e resultou em um inquérito da SEMA sobre o ocorrido.

Veja: Friboi e Águas de Barra do Garças são notificadas após vídeo que denunciou rejeitos no Rio Araguaia

Veja a Nota da JBS:

“A JBS cumpre com a legislação e está devidamente licenciada pelos órgãos ambientais desde 2015 para que, em função do período de estiagem e consequente baixa no volume de água do Rio Araguaia, possa utilizar um novo ponto de lançamento de efluentes, conforme parecer técnico da Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Mato Grosso (SEMA-MT). A empresa esclarece que monitora mensalmente a qualidade de seu efluente final e está em plena conformidade com os parâmetros legais. Esse monitoramento é realizado em laboratório credenciado pelo INMETRO, se estende às condições do Rio Araguaia e os resultados são protocolados a cada quatro meses na SEMA-MT. A empresa se mantém e coloca as informações à disposição dos órgãos competentes.”

Veja a Nota da Águas de Barra do Garças:

Sobre a instauração do inquérito civil público, noticiada na mídia na tarde desta terça-feira (28.07), pelo Ministério Público Federal (MPF), a Águas de Barra do Garças informa que aguarda a notificação oficial sobre a ação para apresentar as informações necessárias diretamente ao órgão.

Com relação aos vídeos postados nas redes sociais, que questionam o lançamento indevido de esgoto no canal do Rio Araguaia, a concessionária informa ainda que já se manifestou em carta protocolada ontem (28.07) para a unidade regional da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) de Barra do Garças. A concessionária também encaminhou todos os laudos do efluente bruto, tratado, montante de jusante do Rio Araguaia, realizados desde janeiro de 2020.

A Águas de Barra do Garças esclarece que possui um ponto de lançamento de efluentes no canal do Rio Araguaia, outorgado pela Agência Nacional de Águas (ANA), atendendo as normas técnicas e ambientais vigentes.

A concessionária ressalta que proporciona o tratamento adequado dos efluentes. O resíduo, proveniente do processo de tratamento, é devolvido ao meio ambiente tratado, sem oferecer riscos de contaminação. O ponto de lançamento de efluentes tratados da Águas de Barra do Garças passa semanalmente por análises de qualidade, atendendo a leis federais, estaduais e municipais. As amostras coletadas são enviadas para o laboratório credenciado pelos órgãos fiscalizadores.

A Águas de Barra do Garças destaca ainda que vem atendendo aos padrões técnicos estabelecidos pela Sema e em conformidade com a Resolução 430/2011 do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama).

A concessionária reitera que se mantém à disposição das autoridades e população para os esclarecimentos que se fizerem necessários. Atuando em parceria com a população, a Águas de Barra do Garças reafirma o compromisso de promover a preservação ambiental e a qualidade de vida dos moradores.