Foto: WhatsappFoto: Whatsapp

Os moradores de um bairro de Água Boa tem feitos constantes reclamações em grupos de vizinhança sobre a sujeira que se acumula em suas residências.

O cisco é proveniente da atividade dos armazéns com os grãos da safra. Um dos armazéns em questão fica ao lado de um bairro e tem lotado as casas com uma espécie de serragem que vem com o vento.

Os moradores já entraram em contato com os gestores do silo que prometeu providências, mas não se sabe ao certo o que a empresa pretende fazer. A mesma empresa já concretou parte do pátio para amenizar o pó de terra levantado pela passagem de caminhões.

Segundo outros moradores que comentaram no grupo, as árvores de eucalipto que haviam na divisa da empresa serviriam para bloquear a poluição do ar, mas foram cortadas a pedido de outros moradores que temiam que as mesmas caíssem sobre suas casas.

O diálogo sobre o problema permanece no grupo, uns a favor da saída da empresa daquele local, outros defendendo que o armazém ja estava ali antes da criação do bairro e que deve ficar por promover a geração de emprego.