Imagem IlustrativaImagem Ilustrativa

Pela segunda vez uma blogueira da região é algemada e presa pela Polícia Militar, desta vez, por brigar com outras mulheres em um estabelecimento, seguido de desacato aos policiais, ameaça, desobediência e resistência a prisão.

O fato aconteceu na madrugada de domingo (26.04), por volta das 1h20, em um estabelecimento na Avenida Araguaia, no setor Rodoviário de Água Boa. A prisão anterior havia acontecido em setembro de 2019.

Veja: Blogueira é algemada e presa por desacato no centro de Água Boa

Segundo consta no Boletim de Ocorrência, a polícia foi acionada devido a uma briga generalizada que estaria acontecendo no estabeleciento. No local a PM encontrou diversas pessoas em via pública relatando que a briga começou dentro e seguiu até a rua.

Duas mulheres, ambas de 28 anos, apresentaram marcas de lesões pelo corpo e acusaram uma terceira mulher, uma blogueira de 25 anos, de ter praticado as agressões.

Abordada pelos policiais para apresentar sua versão, a blogueira em descontrole emocional começou a gritar e ofender a guarnição. Ela então foi algemada com uso moderado de força e levada para a Delegacia da PJC, junto com as outras suspeitas.

Na Delegacia as ofensas se intensificaram e ela dizia "seus b*$%@s", "seus filhos da #&%@" "bando de vagabundos" "desgraçados" além de ameaças como "vocês me pagam, vou acabar com a vida de vocês", dizendo também que "iria destruir a reputação dos policiais nas redes sociais".

A blogueira chegou a chutar os policiais e a mesa da delegacia, derrubando o computador de confecção dos B.O.s. Ela foi entregue algemada aos policiais civis de plantão. Todas as envolvidas tinham lesões corporais provenientes da briga anterior entre elas.

Segundo testemunhas, a briga quebrou coisas e causou prejuízo ao estabelecimento. Não foi explicado o motivo da confusão inicial. No B.O. consta um homem de 28 anos como testemunha.

O OUTRO LADO

Informações de populares afirmaram que a briga teria começado com um bate-boca entre as duas mulheres e uma amiga da blogueira, mas que em determinado momento ela tomou partido e a confusão partiu para agressão física.

Os populares disseram que ela ficou bastante machucada, com ferimentos na boca, perna e escoriações pelo corpo. De acordo com esses populares, ela teria sido agredida por 3 mulheres e um homem que estaria tentando apartar no momento da briga.

Também foi informado por populares que o celular da blogueira foi perdido na briga e por isso ela não estaria mais publicando nada desde então.

Segundo aparece em um vídeo gravado por transeuntes em frente a delegacia, a moça delcara aos gritos e choro que estaria sendo machucada. Em outro trecho de gravação ela diz "morri, me matei, porque a polícia me prendeu, com eu tendo um quadro de ataque de pânico, só pra você se f#)&"... em diálogo dirigido a um policial.

ATUALIZAÇÃO

Em publicação recente nas redes sociais, a blogueira revela que já está em casa e que não sabe o motivo da briga e não conhece as mulheres. Ela publicou que foi tentar apaziguar uma discussão, mas 3 meninas vieram em sua direção, sendo agredida.

Ela escreveu que havia saido para comemorar seu aniversário e com o ocorrido sofreu um ataque de pânico, sendo vista como ameaça pelos policiais que a seguraram para controlá-la.