0
0
0
s2smodern

 

Foto: Washington Luiz/Secom TocantinsFoto: Washington Luiz/Secom TocantinsO governador Mauro Carlesse (DEM) recebeu na tarde dessa quarta-feira, 3, em seu gabinete no Palácio Araguaia, a diretora comercial Leonora Guedes e o CEO do rally Sertões, Joaquim Monteiro. Segundo Monteiro, o objetivo da audiência foi apresentar a Carlesse a dimensão da competição e convidá-lo para prestigiar o evento, que, segundo ele, é considerado o maior do gênero nas Américas. O evento volta ao Tocantins, que ficou de fora da última edição, em função da crise financeira do Estado.

CEO explicou que o evento deste ano tem algumas novidades, a exemplo da mudança que passou a ser chamado apenas de Sertões. Já o trajeto começa em Campo Grande (MS) no dia 24 de agosto, com chegada em 1º de setembro em Aquiraz (CE), passando por 40 cidades em seis Estados do Brasil.

Social

O executivo explicou ainda que paralelo ao Sertões existe um projeto que consiste em prestar atendimento médico nas áreas de ginecologia, oftalmologia, além de serviços odontológicos. “Dessa forma deixamos um legado social por onde passamos em localidades bem distantes”.

O governador disse que o Estado está à disposição para colaborar e lembrou que é importante que iniciativas dessa natureza, que junta forças para prestar serviços de qualidade à população menos favorecida.

Carlesse aproveitou a oportunidade para sugerir, aos representantes do Sertões, novos roteiros de grande potencial turístico do Tocantins, mas que ainda desconhecidos nacionalmente, a exemplo da Ilha do Bananal. “Estamos prontos para colaborar e até sugerir outras localidades com grande potencial turístico, como a Ilha do Bananal”.

Monteiro também ressaltou o desejo de tornar o evento uma representação do patriotismo brasileiro. A ideia em longo prazo é de que o Sertões tenha um trajeto que vá do Oiapoque ao Chuí em 2022, ano que marca o aniversário de 30 anos do evento, além de também celebrar o bicentenário da Independência do Brasil.

Também participou da reunião o vice-governador Wanderlei Barbosa; o prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia; o presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa do Tocantins (Adetuc), Tom Lira; o diretor superintendente do Sebrae, Moisés Gomes; o chefe de Gabinete do Governador, Divino Alan; e o presidente do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Marcelo Falcão.

Confira abaixo a programação do rally Sertões 2019:
Etapa 1: Campo Grande (MS)/Costa Rica (MS): 487 km
Etapa 2: Costa Rica (MS)/Barra do Garças (MT): 639 km
Etapa 3: Barra do Garças (MT)/São Miguel do Araguaia (GO): 727 km
Etapa 4: São Miguel do Araguaia (GO)/Porto Nacional (TO): 571 km
Etapa 5: Porto Nacional (TO)/ São Félix do Tocantins (TO): 435 km
Etapa 6: São Félix do Tocantins (TO)/Bom Jesus (PI): 542 km
Etapa 7: Bom Jesus (PI): 542 km/Crateús (CE): 938 km
Etapa 8: Crateús (CE)/Aquiraz (CE): 405 km.
(Com informações da Secom Tocantins)