Foto: Assessoria Foto: Assessoria

A Secretaria Municipal de Educação está promovendo uma intensa campanha de matrículas das crianças que ainda não estão vinculadas às escolas municipais (ou seja, que ainda não estão matriculadas).

Essa ação tem um papel muito importante e é fundamental para que as escolas se fortaleçam.

“As nossas escolas hoje encontram-se em defasagens de números de alunos relacionados ao ano 2020, e atribuímos isso a pandemia que estamos vivendo. Cada pai, cada mãe que deseja que seu filho tenha vaga garantida na escola pública precisa fazer a matrícula” pontua a Secretária Municipal de Educação, Nubia Rosa Reinher Foschiera.

Ainda segundo a secretária, as crianças de 0 a 3 anos principalmente, precisam efetivar suas matriculas. Mesmo que seu filho em idade de Creche neste momento não tem atendimento presencial na escola, você precisa matriculá-lo para garantir que a escola permaneça aberta e receba seu filho assim que a Pandemia acabar.

MAIS MOTIVOS PARA MATRICULAR SEU FILHO (A)

A Educação Pública é financiada pelos poderes públicos e esse financiamento é vinculado ao número de matrículas. Os recursos financeiros são repassados aos municípios a partir do censo escolar, que conta o número de alunos matriculados nas escolas, então cada aluno não matriculado neste ano de 2021 é recursos que não será disponibilizado em 2022.

Todas as melhorias da Educação necessitam de investimentos financeiros. Melhorar a Educação significa construir novas escolas reformar as escolas existentes, melhorar o mobiliário das salas, adquirir material pedagógico, remunerar os profissionais. A merenda escolar também é vinculada ao número de matrículas.

Estamos chamando todas as famílias que têm filhos que ainda não fizeram suas matriculas que procurem as escolas mais próximas. Garanta a vaga do seu filho. MATRICULE-O.

Salientamos ainda, que estamos fazendo o cadastramento para os kits alimentação. Lembramos que estes somente serão destinados às famílias que tem bolsa família e que realmente estejam em vulnerabilidade social e também A CRIANÇA PRECISA ESTAR MATRICULADA.